TRATAMENTOS

 

Atendimentos para crianças: A psicoterapia infantil visa a compreensão da dinâmica e os processos internos da criança. Através das técnicas lúdicas: brinquedos, jogos, desenhos e o estímulo da criatividade para essa busca e descoberta.Como meio de orientar e intervir nas dificuldades do universo infantil, onde o reflexo dos pais ou família tem um peso muito importante.

A isso se deve, porque a criança é o reflexo de quem as cria, sua educação e cultura. Por isso é muito importante as orientações mensais, com os pais ou família, para esclarecimentos e formas de lidar com os conflitos, transformando as relações.

Muitas queixas infantis estão interligadas ao processo da família, bem como: separações dos pais, morte de um ente querido/muito próximo, brigas frequentes na presença da criança, agressividade e cobranças excessivas, dificuldades em impor limites, etc.

Sendo alguns dos reflexos mais difundidos na atualidade: distrações da criança, timidez, agressividade com os colegas, dificuldades na aprendizagem, enurese noturna, dificuldades na sociabilização e na expressividade, agitação, etc. Assim como dores físicas: barriga, cabeça, estômago, etc.

Sendo necessário o levantamento do histórico familiar, assim como período gestacional. Em seguida iniciando o processo terapêutico.

 

Atendimentos para Adolescentes: A adolescência é um processo de transição que sofre mudanças físicas e psíquicas, carregando em si muitas dúvidas, expectativas e dificuldades. Fase em que necessita-se muita orientação, esclarecimentos e fortalecimentos frente as próprias crises e com suas relações familiares e sociais.

Há alguns quadros que podem se desenvolver nessa fase, como: transtornos alimentares, depressão, risco suicida, dependência de substâncias, transtornos de humor, transtorno de conduta, ansiedade, etc. Tornando-se necessário o acompanhamento terapêutico com o paciente e família através das orientações de pais.

E por fim, as dúvidas quanto ao futuro e profissão, namoro e sexualidade, álcool e drogas que igualmente necessitam maneiras de lidar, que muitas vezes, a própria família possui dificuldades em abordar e esclarecer sobre os temas ou os filhos não sentem-se à vontade para compartilhar suas vivências.

São nesses termos, que a psicoterapia deve intervir como forma de orientação, esclarecimentos e apoio frente as dificuldades do adolescente, assim como o suporte para a família.

 

Atendimentos para Adultos: Visa a compreensão da queixa/ Conflito trazido pelo paciente, buscando o significado do sofrimento apresentado e suas raízes inconscientes. Onde se manifestam de muitas formas, desde as dores físicas (Também conhecidas como somatizações): dores de cabeça ou enxaqueca, gastrites e úlceras, dermatites e outras questões de pele, infecções de urina e intestino, dores gerais pelo corpo, entre outros. Incluindo os aspectos emocionais como: ansiedade, síndrome do pânico, depressão, fobias, compulsões, transtornos alimentares, transtornos do sono, estresse, fibromialgia. Assim como dificuldades de relacionamentos de uma forma geral: ciúmes, insegurança, timidez, etc.

Com o objetivo da reflexão sobre a própria vida e suas relações, para melhor qualidade de vida, maturidade emocional e diferentes formas de lidar com os conflitos e sofrimentos. Além do alívio e controle das dores físicas e os transtornos psicológicos.

 

Atendimentos para gestantes: Momento significativo de mudanças físicas, psíquicas, sociais que despertam sensações positivas e incômodos. Predominantes de acordo com o estado emocional da gestante e a sua história de vida.

É possível que ao longo do período gestacional, parto e pós parto possam ser desenvolvidas algumas características a serem cuidadas, como: Transtornos de ansiedade e estresse, histórico de depressão, gravidez de risco, gestantes adolescentes, gestantes com ausência do pai, tristeza ou depressão pós parto, gravidez não desejada ou não planejada, etc.

 Onde a psicoterapia prioriza o suporte na escuta especializada, que oferece algumas reflexões e apontamentos para que o sofrimento psíquico seja melhor enfrentado e reorganizado. Com um novo significado para encarar o momento complexo do nascimento de um bebê e sua aceitação.

 

Atendimento para Idosos: O processo de envelhecimento carrega em si alguns processos fisiológicos, emocionais e sociais que merecem atenção e cuidados. Pois existem alguns pontos predominantes nessa fase de vida, como: diminuição das capacidades, diminuição de responsabilidades e aposentadoria, viuvez, morte de amigos e familiares, isolamento social, diminuição ou perda de contato com as amizades, sensação de inutilidade, doenças, medos, etc.

 Onde o processo terapêutico pode auxiliar em melhores condições de saúde, onde é possível lidar com todas as dificuldades e elaborar de uma maneira mais saudável, buscando melhorias de pensamentos, sentimentos e comportamentos mais positivos e benéficos.